Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal

Coordenado pelo professor Moacir franco de oliveira há mais de 20 anos, o Centro de Multiplicação de Animais Silvestres (CEMAS), como criador com fins científico registrado junto ao IBAMA, tem como principal finalidade a difusão de pesquisas nas diversas áreas do conhecimento e em função disto tem condições de atender diferentes cursos de graduação e de pós-graduação, especialmente aqueles vinculados à área de ciências agrárias.

Está organizado em um setor de criação de abelhas silvestres, abelhas sem ferrão; um setor de criação de preás; um setor de criação de cutias; um setor de criação de catetos e um setor de criação de emas. Estes setores são divididos em boxes ou piquetes com dimensões adequadas a manutenção das diferentes espécies e possui estrutura telada coberta, quando é o caso com telhas de amianto e piso de areia de forma garantir ao animal a simulação de um ambiente natural. Muitos deles garantem aos animais um regime de cativeiro do tipo semi-extensivo.

Os ambientes de manutenção dos animais do CEMAS são amplos, telados cobertos com telha de cerâmica e buscam simular ambientes que propiciem o conforto e bem estar animal.

Dos taxons mantidos no CEMAS são realizadas pesquisas envolvendo em sua grande maioria as áreas de  morfofisiologia, reprodução, anestesiologia e produção animal, embora em menor frequência.

Dentre as diversas áreas de produção cientifica da Universidade o CEMAS representa um das unidades com maior produção científica e com enorme destaquem nas produções internacionais, muitas delas premiadas.

Imagens de animais mantidos no CEMAS, onde pode ser observado trabalho de terapia de cativeiro em cutias e ainda uma outra em em situação de repouso em ambiente de demonstra agradabilidade para o animal.  Fêmea de catetos com suas crias em maternidade para garantia de conforto e segurança dos filhotes. Por último um macho de ema ninho construído por indução durante manejo reprodutivo de modo a garantir mais conforto ao animal com ninho em ambiente menos ensolarado.

18 de setembro de 2020. Visualizações: 102. Última modificação: 08/10/2020 08:20:45